Xiaomi Black Shark é oficial: um smartphone gaming “mais” acessível

Através da Black Shark, a Xiaomi entra no mundo do gaming...

Xiaomi Black Shark
Xiaomi Black Shark

A Black Shark, sub-marca da Xiaomi, apresentou hoje o primeiro smartphone da empresa. O nome deste é Black Shark Gaming Phone e a sua premissa é trazer o mobile gaming a um preço acessível. Juntamente com este equipamento foi lançado o “Shark GamePad”.

Como seria de esperar de uma sub-marca da Xiaomi, o Black Shark Gaming Phone possui boas especificações a um bom preço.

O smartphone possui um ecrã de 5.99 polegadas, com resolução FHD+ e um rácio de 18:9. A tecnologia deste é IPS e não usa um padrão de cores sRGB, mas sim o DCI-P3. O seu ecrã possui também tecnologia de compensação de movimento da MEMC, para tornar a reprodução de vídeos e jogos mais fluída.

Todavia, ao contrário do Razer Phone não possui uma taxa de atualização de 120 Hz, algo compreensível dado o seu preço.

Xiaomi Black Shark - Ecrã
Xiaomi Black Shark – Ecrã

Em relação ao desempenho, este conta com o system-on-chip de topo da Qualcomm, o Snapdragon 845 que tem incorporada a GPU Adreno 630.

Comparativamente a outros equipamentos de topo. não há diferenciação aparente. No entanto, o Xiaomi Black Shark Gaming Phone conta com um sistema de refrigeração liquida que promete diminuir a temperatura do SoC em 8ºC.

Xiaomi Black Shark - Refrigeração Líquida
Xiaomi Black Shark – Refrigeração Líquida

Quanto ao armazenamento do Xiaomi Black Shark Gaming Phone, também haverão duas variantes, uma com 64 GB e outra com 128 GB. A tecnologia de memória deste smartphone será a UFS 2.1, bem mais rápida que o comum eMMC.

Ambas as variantes diferirem na quantidade de memória RAM, pelo que a primeira contará com 6 GB, enquanto a segunda 8 GB de RAM LPDDR4X.

Embora o Xiaomi Black Shark Gaming Phone possua apenas um altifalante, o receptor de chamadas telefónicas atuará como um segundo. Assim, é capaz de proporcionar som estéreo.

A conectividade deste equipamento contará com todos os elementos de última geração, como Bluetooth 5.0 e Wi-Fi dual-band. Porém, o grande destaque neste aspeto são as antenas em “X”, na traseira do equipamento. Este design tem como objetivo prevenir problemas de conectividade ao segurar o smartphone lateralmente.

Xiaomi Black Shark - Antenas
Xiaomi Black Shark – Antenas

Relativamente às câmaras, este conta com duas na traseira. A principal possui 12 MP com abertura de f/1.75, enquanto a secundária 20 MP. Em semelhança à câmara secundária, a frontal deste equipamento possui também 20 MP, porém com abertura de f/2.2.

Contudo, o sistema operativo o Xiaomi Black Shark Gaming Phone será o Android Oreo, com interface do utilizador “JOY UI”. Trata-se de uma interface construída para esta marca que conta com algumas funções da MIUI.

A alimentar este dispositivo vem uma bateria de – apenas – 4000 mAh. Não obstante, esta conta com tecnologia de carregamento rápido Quick Charge 3.0 da Qualcomm, e promete uma autonomia em jogo de até 5 horas.

Shark Pad - Xiaomi
Shark GamePad – Xiaomi

Por fim, temos o Shark GamePad. Basicamente, trata-se de um joystick que se conecta através de Bluetooth da qual liga à lateral do equipamento. Possui ainda o botão “Shark” que permite direccionar todos os recursos disponíveis no equipamento ao jogo.

O Xiaomi Black Shark Gaming Phone estará disponível – na China – a partir do dia 20. A variante de 6/64 rondará os 387€/R$1,629, enquanto a de 8/128 os 452€/R$1,901. Por fim, o Shark GamePad custará à volta dos 23€/R$97.

Continua [email protected] ao DBaP para futuras atualizações!

 

Consulta a gama de produtos da Xiaomi!

Gearbest | Amazon.es | Banggood

Junta-te ao nosso grupo sobre a Xiaomi!

 

Fonte: Gsmarena e Gizmochina

Sobre Ariano Ângelo 241 artigos
O meu interesse sobre tudo o que envolve a tecnologia vem desde muito cedo. Portanto, decidi criar o "Do Binário à Palavra" para informar sobre as novidades deste mundo e tentar tornar a mesma mais acessível a todos.