Telegram recusa fornecer chaves e sofre bloqueio na Rússia

Telegram
Telegram

Após o Telegram recusar entregar as chaves de criptografica ao Governo Russo, cujo o objetivo destes ter acesso às conversações dos utilizadores do país, o governo decretou o bloqueio da aplicação de mensagens instantâneas pelos ISP.

No mês passado, em tribunal, a Rússia ordenou o Telegram a entregar as chaves de criptografia para as agências de segurança russas num prazo de 15 dias. Como resultado, a aplicação recusou fornecer para salvaguardar os dados dos seus utilizadores.

Porém, para quem desconhece, o Telegram é uma aplicação cujo objetivo é manter a comunicação totalmente segura entre os seus utilizadores. Para o efeito, esta usa criptografia avançada, cujas chaves são separadas e nunca mantidas no mesmo lugar.

Telegram - iOS
Telegram – iOS

Devido a este bloqueio, espera-se que mais de 9,5 milhões de utilizadores russos perderão o acesso (direto) à aplicação. Contudo, Pavel Durov, fundador e atual CEO do Telegram já se veio pronunciar no seu canal da aplicação que apesar da proibição, não tem averiguado uma perda de engajamento de utilizadores até ao momento.

Isto significa que os utilizadores russos encontram-se a ignorar a proibição usando VPNs e proxies. No entanto, o Telegram depende de serviços em nuvem de terceiros para permanecer parcialmente disponíveis para os utilizadores.

Todavia, mesmo que o Telegram perca muitos utilizadores russos, estima-se que o crescimento orgânico em outras regiões. Assim, irá compensar esta perda dentro de alguns meses.

Por conseguinte, Durov afirmou que está a distribuir doações de Bitcoin para indivíduos e empresas que executam socks5, proxies e VPN.

Telegram - Android
Telegram – Android

Durov afirma que esta ação tem como finalidade manter a liberdade da Internet russa noutros lugares através do movimento designado de Resistência Digital. Afinal, é um movimento descentralizado que defende a liberdade digital e progresso global.

Segundo o Durov, a aplicação irá sempre apoiar a liberdade de expressão e a privacidade. Este está expresso no regulamento da sua aplicação.

Qual a tua opinião sobre este assunto? Não te esqueças de deixar a tua opinião nos comentários!

 

Podes também juntar-te aos nossos grupos do Facebook

Xiaomi em Português 2.0

Smartphones Chineses

Android Portugal

 

Via: Durov’s Channel – Telegram

Sobre Mariana Garcia 91 artigos
Estudante de mestrado em Gestão das Organizações e bastante curiosa pela intelectualidade e pela tecnologia.